Você sabe quando dizer 'NÃO'?

22.07.2019

 

Às vezes, os pais sentem dificuldade em colocar limites nas crianças. Elas podem chorar implorar e até mesmo exigir o que querem, promovendo um sentimento de culpa nos pais, pelo fato dizerem “não”. Mas, não desista.


Segundo a psicóloga e especialista em relações familiares Eileen Kennedy-Moore, aprender a dizer não às crianças é uma grande responsabilidade e um processo importante, pois assim, elas mesmas aprendem quando devem dizer não e estabelecer limite e respeito em sua convivência do dia a dia. Então, seguem algumas dicas de quando é importante dizer “não”, sem sentir culpa. Confira:



1 – Quando ela pode ferir outra pessoa (ou a si mesma)
Evitar danos é a primeira e mais importante razão para dizer não. Se você lhes oferecer uma opção, será mais fácil aceitar sua resposta. Por exemplo: "Não, você não pode pular na cama, pois pode cair ou bater em alguém. Se quiser pular, saia e pule no quintal".



2 – Se for um capricho e não uma necessidade
Não é aconselhável comprar tudo o que gostamos. Você não precisa comprar tudo o que seu pequeno quer no mercado. Você pode simplesmente reconhecer algo que ele gosta, mas sem ter que comprá-lo. "Não, eu não vou comprar aquele cereal, eu entendo que é o seu favorito, eu também gosto muito, agora vamos comprar o que está na lista".



3 – Quando existe mudança de planos
Nem tudo acontece como planejado. Uma maneira de compensar o inusitado é ensinar como fazer planos para que isso não aconteça novamente. "Não, nós não vamos ao cinema hoje, sua avó ligou nos convidando para jantar. Podemos ir amanhã".



4 - Quando as necessidades de outra pessoa são (no momento) mais importantes
As crianças pensam que são o centro do universo. Você pode ajudar o pequeno a perceber que existem outras pessoas com necessidades. "Não, você não pode ir brincar com seus amigos no sábado. Vamos ver a vovó, que se sentiu mal, e nós queremos visitá-la para mostrar que nos preocupamos muito com ela".



5 - Quando algo é contrário aos seus valores
Talvez, por um momento, você se sinta a mãe mais impopular do mundo, mas a única maneira de ensinar seus filhos a respeitar valores é ser firme sobre isso. "Não, eu não vou te comprar essas armas de brinquedo ou videogames violentos porque não acho que eles sejam apropriados. Não vou permitir esses jogos em casa". Claro, seu filho não vai te agradecer por dizer não (pelo menos não imediatamente), mas, às vezes, dizer-lhes não é o melhor que você pode fazer por eles.



Fonte: MSN -  http://bit.ly/2XVH3o0

 

 

Compartilhar
Please reload

Posts Em Destaque

Atividades em Destaques

September 27, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

September 27, 2019

September 20, 2019

September 20, 2019

September 20, 2019

September 6, 2019

September 3, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags